Free songs


Página inicial / Cidades / 28 mil eleitores não fizeram o recadastramento biométrico em Vilhena e falta 1 mês e meio para terminar

28 mil eleitores não fizeram o recadastramento biométrico em Vilhena e falta 1 mês e meio para terminar

Eleitores podem ter o título cancelado se não comparecerem à revisão. Atendimento acontece somente na Biblioteca Municipal, na Praça Nossa Senhora Aparecida. (Falta 1 mês e meio). A não realização gera perdas para o eleitor e o município.

Revisão eleitoral para o cadastramento biométrico começou 4 de Julho, em Vilhena

Começou no dia, 4 de Julho, o cadastramento biométrico em Vilhena (RO), a 700 quilômetros de Porto Velho. De acordo com a 4ª Zona Eleitoral, aproximadamente 63 mil eleitores do município devem passar pelo cadastro sob pena de terem o título cancelado.

A chefe do Cartório Eleitoral de Vilhena, Fabiola Canuto, explica que a revisão do eleitorado com coleta de dados biométricos gera ainda mais confiança no processo eleitoral. “O eleitor vai colocar sua digital na urna e vai ser identificado através da digital. Isso evita fraude, evita que um eleitor vote em nome de outro”, enfatiza.

São necessários que o eleitor apresente documento original de identidade e comprovante de residência recente. A revisão acontecerá somente na Biblioteca municipal, localizada na Praça Nossa Senhora Aparecida, na Avenida Major Amarante, e seguirá até o dia 31 de outubro deste ano. O horário de atendimento acontecerá das 8h às 17h.

Vilhena é a terceira cidade do Cone Sul a realizar o cadastramento biométrico. Colorado do Oeste (RO) e Cabixi (RO) já passaram por essa atualização. Fabiola ressalta que a próxima eleição do município será 100% biométrica.

Cadastramento ocorrerá entre julho e outubro
Cadastramento ocorrerá entre julho e outubro (Foto: Gualberto Batista/Rede Amazônica)

“O eleitor com título cancelado não pode votar, não pode tirar passaporte e não pode tomar posse em concurso público. Algumas faculdades e escolas públicas também exigem o título e a quitação eleitoral. Para alguns benefícios sociais do governo, a pessoa precisa estar com título regularizado. Então, o eleitor que não comparecer vai ter essa série de transtornos”, enfatiza a chefe de cartório.

Segundo dados obtidos da web, 28 mil eleitores não fizeram o recadastramento biométrico em Vilhena e falta 1 mês e meio para terminar

Ressaltando que o eleitor/cidadão que não comparecer terá o título cancelado e não poderá :
1) votar;
2) tomar posse em cargo público;
3) tirar passaporte ou identidade;
4) obter empréstimo em banco público;
5) fazer matrícula em instituição de ensino pública;
6) fazer cadastro em programa social do governo;
7) ter quitação eleitoral;
8) outras consequências previstas em leis específicas;
É muito importante salientar a eficácia da biometria, uma vez, que a não realização da mesma, implicará perda dos repasses para o município, pois o recebimento é aferido, de acordo com o tanto de eleitores que o município possui.

Fonte: G1 RO/ Informações da web/ redes sociais

Acontece RO

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos requeridos são marcados *

*

Ir para o topo